Bee Engineering vai recrutar 100 colaboradores em 2020

0

A Bee Engineering anunciou hoje em comunicado que irá recrutar mais de 100 colaboradores em 2020, de forma a responder ao elevado número de desafios de transformação digital a si solicitados por empresas nacionais e internacionais.

É objetivo da empresa reforçar-se com pelo menos 20 recém-formados no primeiro semestre, o que será feito com o estreitar de laços com instituições do ensino superior.

De salientar que a Nectar Interactive, marca da Bee Engineering, foi responsável pelo desenvolvimento da LGW Award Machine, um advergame com o objetivo de envolver a comunidade do Lisboa Games Week através da atribuição de prémios e vantagens relacionados com o evento e parceiros.

Nectar Interactive e Lisboa Games Week - Award Machine
Nectar Interactive e Lisboa Games Week – Award Machine. Imagem: Nectar Interactive

Especializada em projetos de consultoria, técnicas de videojogos, R&D e formação, a Bee Engineering irá contar com o programa 360º para o incremento dos seus quadros, através do desenvolvimento e seleção de talento, conduzido pelo seu departamento de RH, a Bee Together.

Equipa RH da Bee Eingineering
Equipa RH da Bee Engineering. Foto: Bee Engineering

Este departamento irá selecionar pessoas para o setor da inovação e tecnologia com base na sua competência, independentemente da sua idade, género, país de origem ou incapacidades físicas. Desta forma, são postas em prática pela Bee Engineering ações com:

  • Alunos do ensino secundário ou profissional que incluem estágios e apoio ao PAPTICe (Concurso Nacional de PAP);
  • Pessoas que procuram requalificação de carreira, através de iniciativas como a Academia de Código, Ironhack ou Recodme;
  • Jovens a realizar formação superior com o programa Bee Ambassadors, estágios de verão, presenças em faculdades com workshops e feiras;
  • Recém licenciados com Academias internas e estágios de fim de curso;
  • Formandos de escolas especializadas em, por exemplo, desenvolvimento de jogos, como a Master.D;
  • Através do Tech Visa, programa de certificação de empresas tecnológicas e inovadoras, que simplifica a chegada de quadros altamente qualificados, de estados terceiros, a empresas portuguesas.

Em 2020, o programa 360º da Bee Engineering será reforçado com mais presenças em faculdades com Workshops tecnológicos, mais academias internas de ativação de talento e com a introdução da iniciativa requalificação profissional via Recodme, ativada pela HiQ Consulting.

Bee Tech

A Bee Engineering está reforçar os seus laços com as instituições de ensino superior levando às universidades e politénicos o seu fórum tecnológico Bee Tech. O primeiro em contexto universitário foi realizado no Instituto Superior de Tecnologias Avançadas (ISTEC) a 23 de janeiro, na presença de quase uma centena de pessoas. Foram abordados temas como desenvolvimento de Videojogos, Unified Communications, Big Data, desenvolvimento de produto e tecnologias emergentes.

José Leal e Silva
José Leal e Silva. Foto: Bee Engineering

José Leal e Silva, diretor executivo da Bee Engineering, disse:

A capacitação de competências na área das Tecnologias de Informação no mercado Nacional, apenas é possível de atingir conjugando diversas estratégias que trazem à empresa a capacidade de reforçar os seus quadros nos diversos graus de senioridade e âmbitos tecnológicos.

Esta abrangência garante a solidez necessária para a criação de emprego e formação continuada dos nossos quadros, dando seguimento ao excelente ensino que é feito nas faculdades Portuguesas.

Para enviar uma sugestão, tens de fazer ou .

Comentários

Ainda sem comentários!

avatar
2000