FPDE organiza 1.ª Conferência Internacional de Esports a 30 de abril

0

A 1.ª Conferência Internacional de Esports, no próximo dia 30 de abril, irá decorrer online entre as 14h30 e as 18h30, e será organizada pela Federação Portuguesa de Desportos Eletrónicos (FPDE) em parceria com a Cisco e a Universidade Europeia, com o objetivo de debater os temas relevantes para a indústria e ecossistema nacional e internacional do Desporto Eletrónico.

Federação Portuguesa de Desportos Eletrónicos A FPDE foi constituída em 2016 e pretende ser o órgão dirigente dos Desportos Eletrónicos em Portugal. Tem como missão educar a população sobre o que é o desporto eletrónico e promover a sua prática de forma saudável, assegurar o desenvolvimento do ecosistema, apoiar todos os atletas e representar e apoiar os clubes a nível nacional e internacional.

Na agenda, entre outro temas, destacam-se:

  • Desportos Eletrónicos como um Desporto e relação/convergência com Desporto Tradicional;
  • Oportunidades Económicas para os agentes envolvidos (Clubes, Atletas, Marcas);
  • Papel das Federações Nacionais e Internacionais, assim como dos Governos Nacionais, na Indústria.

Entre os oradores convidados, destacam-se várias individualidades de relevo nacional e internacional como:

  • Prof. Dra. Diana Santos, Secretaria de Estado Adjunta e da Juventude e Desporto
  • João Paulo Almeida, Director-Geral do Comité Olímpico Português
  • Colin Webster, Presidente da International Esports Federation
  • Hans Hagnow, Presidente da European Esports Federation.

A lista completa de oradores, assim como a agenda em detalhe, serão anunciados nos próximos dias.

Tiago Fernandes, Presidente da FPDE, afirma:

Este Congresso é mais uma das iniciativas que se encaixam num dos pontos fulcrais da nossa missão: a de educar a população em geral sobre o que é o desporto eletrónico e promover a sua prática de forma saudável, equilibrada e sustentável, como meio de promoção da integração e interação culturais

Contarmos com convidados tão ilustres, tanto nacionais como internacionais, é mais uma evidência de que estamos no caminho certo para assegurar o desenvolvimento do ecossistema do Desporto Eletrónico em Portugal, cumprindo outro dos nossos objetivos, que passa por promover iniciativas conjuntas com Federações e Associações de outros países, colocando cada vez mais Portugal no mapa do Desporto Eletrónico a nível internacional“.

avatar
500